18 agosto 2014

Pensamento do dia: o que deu errado?

Estava eu respondendo uma prova de português, quando me deparei com um texto bem interessante e cômico: "O que deu errado?", de Luis Fernando Veríssimo. Você pode querer nem ler o resto - porque geralmente as pessoas gostam de mais figuras que textos - porém é bem instigante e me inspirou.


O que deu errado 

Entre as formigas e as abelhas o problema não existe: 
algumas nascem para ser a elite, o resto nasce para ser o resto. 
Tudo já foi resolvido antes, tudo está nos genes. Quem nasce 
com o gene altruísta se sacrifica pela elite dominante porque 
existe para isso. Jamais lhe ocorre perguntar “Por que eu?”. Até 
hoje, que se saiba, nenhum batalhão de formigas ou abelhas se 
insurgiu contra métodos injustos de trabalho e derrubou o poder 
despótico que o martiriza. 
O problema com as sociedades humanas é que, no 
nosso caso, a natureza confiou demais no altruísmo voluntário. 
Daí a resistência à flexibilização das leis trabalhistas, a grita 
contra o salário mínimo, as greves etc. Falta altruísmo no sangue da maioria. A natureza criou a iniciativa individual e a compulsão para o lucro em alguns, mas esqueceu de criar a iniciativa para o sacrifício e a compulsão para a acomodação em outros, sem os quais as leis naturais do mercado não funcionam. 
Ou só funcionam com os genes altruístas sendo substituídos 
pela pregação liberal como verdade única ou, se isso falhar, 
pela tropa de choque. Ou seja, pelo altruísmo artificial. 

ou seja,

Por que somos assim? Será que natureza cometeu um grave erro ao achar que nosso ato de altruísmo seria mesmo voluntário e sem nenhum tipo de estimulação de fora? Pois é natureza, se você errou, cometeu o erro mais grave de todo sua formação, pois tudo que se existe de lindo e bom nesse planeta está sendo destruído por pessoas que se julgam boas, mas na verdade são as piores do mundo.

Quase nunca fazemos nada que não nos traga lucro ou qualquer coisa do tipo. Somos egoístas a ponte de não nos sacrificarmos um pouquinho por alguém, pela família, amigos. E tipo: Deixa sofrer e que se lasque. Típico de nós. É raro você vê atos altruístas na sociedade em que vivemos, isto porque hoje aprendemos que é assim 1º eu, 2º eu, 3º eu... Nada mais importa quando se diz respeito em ajudar sem receber coisas em troca. Quando eu digo todo mundo, é todo mundo mesmo. Nem que seja poucas vezes ou muitas vezes, qualquer um já cometeu isso. E as pessoas mais aptas a cometerem isso são os religiosos mais ferrenhos - são os mais fominhas do mundo. Não falo isso em relação ao dinheiro, também, mas poxa... falso moralismo  no meio de Deus.

Mas o que é Altruísmo?


Bem... O altruísmo é o ato de se doar pelo outro, de se sacrificar, de ajudar, filantropia, solidariedade, essas coisas, sem receber nada em troca. Que nós não vemos muito nas pessoas né? Se o mundo continuar indo pelo caminho que está, temo que as crianças do futuro serão mais egoístas que meninas quando ganham sapatos novos. 

Então é isso (:

E a parte da acomodação, altruísmo artificial, iniciativa e gostar de ficar no mesmo projeto para sempre, fica para outro post (:


2 comentários:

  1. Muito muito legal o post, parabéns!
    O texto é ótimo e a lição melhor ainda..show!

    Tô seguindo aqui!
    Tem sorteio lá no blog!

    Bjão
    Danica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs que bom que gostou e se identificou (: Pode deixar que vou seguir o seu blog e participar do sorteio (: Beeeijos

      Excluir

Meninas Exigentes © Todos os direitos reservados.
Criado por: Daniela da Silva ♥ DS Layouts.
Tecnologia do Blogger.